PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Chuva de granizo deixa pasto com visual 'coberto de neve' em MG

Do UOL, em São Paulo

08/12/2021 22h46Atualizada em 09/12/2021 12h55

Uma intensa chuva de granizo de quase 30 minutos foi registrada na tarde de hoje por moradores do distrito de Campestrinho, no bairro Boa Vista, em Andradas (MG). Plantações de diversas culturas ficaram cobertas por pedras de gelo. A Defesa Civil de Minas Gerais chegou a fazer alerta de pancadas de chuva no município.

"Quando começou a cair a chuva a gente achou que era pouco. Foi aumentando e, quando vimos, começou a ficar tudo branco. Eu não fiquei com medo", conta Antônia Oliveira, 47, em conversa com o UOL.

foto 1 - Reprodução/ Antônia Oliveira - Reprodução/ Antônia Oliveira
Lavouras de milho, batata, feijão e café foram prejudicadas, segundo a agricultora Antônia Oliveira
Imagem: Reprodução/ Antônia Oliveira

A pequena agricultora, que também possui criação de vacas leiteiras em seu sítio, disse que muitas culturas foram prejudicadas — as dela e as de vizinhos, como milho, batata, feijão e um pequeno cafezal.

Situação complicada para os momentos de tensão em que as pedras de gelo caíam formando um "tapete branco" com aspecto de cobertura de neve. "Fica difícil porque a gente mexe com vaca de leite, estraga o pasto. A vaca não quer saber se 'choveu pedra', chegou a hora de comer eles querem comer", explica.

Ela afirma que nunca tinha visto uma chuva parecida com a de hoje: "Não tive pavor. Graças a Deus, temos fé. Mas foi bastante chuva. Tenho 47 anos e nunca vi uma chuva dessa. Meu esposo também nunca viu".

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) havia divulgado um alerta de "perigo potencial" para chuvas intensas na cidade, válido das 11h03 da manhã de hoje até às 10h14 da manhã desta quinta-feira (9). Sem citar risco de granizo, o órgão alertou para chuvas entre 20 e 30 mm por hora ou até 50 mm no dia, com ventos entre 40 e 60 km/h.

Ao UOL, a assessoria da prefeitura de Andradas informou que a chuva de granizo foi isolada na região do distrito de Campestrinho e confirmou que houve apenas danos materiais com as perdas de lavouras.

Cotidiano