PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Cliente não corta bolo e pede dinheiro de volta à confeiteira: 'Indignada'

Do UOL, em São Paulo

28/06/2022 13h03Atualizada em 29/06/2022 18h47

Uma confeiteira teve o dinheiro pedido de volta por uma cliente que não cortou o bolo de aniversário durante a festa para a qual foi encomendado, em Joinville (SC). Simone Balancieri compartilhou a demanda da cliente em seu Instagram e a postagem fez sucesso por ser algo incomum. Ao UOL ela contou que trabalha com isso há seis anos e nunca viu algo assim.

A confeiteira disse que trabalha sozinha e tem muito trabalho em cada encomenda. "Fiquei bem indignada. Envolve todo um processo de segunda a domingo, em relação à compra de materiais com fornecedores e leva tempo. A pessoa acha que pode simplesmente trazer e eu devolver o dinheiro como se meu trabalho não tivesse valor nenhum".

De acordo com ela, já na hora do pagamento do bolo houve problema com essa cliente, pois, a mulher queria fazer a transferência bancária apenas quando chegasse em casa.

Na mensagem, a cliente alega que não cortou o bolo por ele parecer "de mentira" - apesar, é claro, de ter efetuado a compra do bolo real.

"Queria ver se posso levar o bolo aí e você me devolve o dinheiro, porque foi um dinheirão e ninguém cortou o bolo. Estava tão lindo que achavam que era de mentira. Eu também acabei esquecendo de cortar. Para você é mais fácil vender de novo, pode fatiar ou algum cliente pode querer inteiro e você congela para o final de semana, troca o nome e está tudo certo. Todos saem felizes", escreveu ela, em um post no Facebook.

Segundo Simone, a mulher não tinha argumentos para justificar. "Ela que escolheu o sabor, a massa e tudo direitinho. Não tem argumento quanto a isso. Foi uma indignação quando eu vi", falou. Ela também relatou que postou a mensagem por causa da indignação mesmo.

Na resposta à mensagem, a confeiteira rechaçou a possibilidade de devolução do dinheiro. "Não trabalho dessa forma! Eu te entreguei o produto como você pediu! Tinha algum problema com ele (estragado ou diferente do que pediu)? Não, né? Sendo assim, o que você vai fazer com ele deixa de ser problema meu".

A cliente, então, ameaçou "difamar" Simone.

"Se você não me ajudar, vou te difamar em todo lugar que eu puder, afinal paguei R$ 250 em um bolo que ninguém comeu. Talvez se você fizesse mais realista com algumas falhas eles iriam ver que é de comer, então você tem parte da culpa. Eu não posso ficar no prejuízo sozinha!", disse.

Confeiteira disse que discussão terminou depois dessas mensagens - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Confeiteira disse que discussão terminou depois dessas mensagens
Imagem: Arquivo pessoal

A confeiteira contou que, após isso, não houve mais troca de mensagens entre as duas.

"Depois daquilo a gente não se falou mais. Creio que ela tenha entendido o recado quando os clientes começaram a responder ali na postagem", disse Simone.

Cotidiano