Psicólogo é preso na BA acusado de estuprar paciente de 10 anos com autismo

Um psicólogo foi preso hoje, na cidade de Condeúba (BA), suspeito de estuprar um paciente de 10 anos, com transtorno do espectro autista.

O que aconteceu

Os abusos sexuais ocorreram durante 11 meses, informou a Polícia Civil da Bahia.

Ele atuava no Caps (Centro de Atendimento Psicossocial) do município.

Os familiares denunciaram o caso à polícia. "Laudos periciais, exames e depoimentos colaboraram para o esclarecimento do caso e a identificação do suspeito, bem como as circunstâncias em que ocorreram os abusos", disse o delegado Sérgio Fabiano.

A criança foi encaminhada para atendimentos médicos e para a rede de assistência psicossocial. O Conselho Tutelar foi acionado.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora