Conteúdo publicado há 2 meses

Empresário investigado por golpe de R$ 7,8 milhões é assassinado no RJ

Um empresário de 43 anos foi morto a tiros na manhã de hoje, na rua dos Limadores, em Bangu, na zona oeste do Rio de Janeiro.

O que aconteceu:

A filha do homem, identificado como Marlon Márcio Mendes Alvarenga, disse que o pai estacionou o automóvel na calçada de um estabelecimento quando uma pessoa encapuzada se aproximou.

O criminoso sacou a arma e disparou contra a vítima. O homem foi atingido na cabeça e morreu no local, informou o jornal O Globo.

Policiais militares foram acionados para verificar uma ocorrência de baleado na localidade.

O local do crime foi preservado para a perícia. A Polícia Militar informou à reportagem nesta tarde que a ocorrência ainda estava em andamento.

A DHC (Delegacia de Homicídios da Capital) foi acionada e investiga a morte do empresário. A Polícia Civil informou que agentes fazem diligências para apurar a autoria e motivação do crime.

Empresário era investigado por crime milionário

O empresário morto era investigado como um dos chefes de uma quadrilha suspeita de aplicar um golpe de R$ 7,8 milhões em uma distribuidora de ferro e aço em 2022, segundo o jornal O Globo.

Continua após a publicidade

As investigações apontam que o grupo fingia fornecer máquinas da distribuidora e usavam contas falsas de e-mail para fazer falsas negociações de produtos que nunca foram entregues. A polícia apontou que os depósitos financeiros, resultados das falsas negociações, eram feitos para as contas dos chefes do grupo. Um dos funcionários da distribuidora era suspeito de integrar a quadrilha.

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro denunciou 15 pessoas por estelionato e associação criminosa, em razão do envolvimento com a quadrilha.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora