Conteúdo publicado há 1 mês

Metrô de SP nega sangue em vagão após imagens circularem nas redes sociais

O Metrô de São Paulo negou que havia sangue em uma das composições da linha 3-Vermelha nesta terça-feira (22) após imagens circularem nas redes sociais nesta quarta-feira (22).

O que aconteceu

Passageira registrou a situação do vagão, sujo com líquido vermelho, em foto e vídeo. Nas redes sociais, a mulher questionou o que teria ocorrido e informou que entrou no vagão por volta das 18h10. A publicação já ultrapassou as 500 mil visualizações.

Na postagem, a passageira indicou que também haveria fezes no meio da substância. Segundo ela, o cheiro "estava insuportável".

Ao UOL, o Metrô negou que a sujeira tivesse relação com sangue ou alguma ocorrência de violência. A empresa, porém, não esclareceu o que seria o líquido registrado.

Metrô ainda disse que a composição foi recolhida após a situação ser denunciada por um passageiro via SMS. Os funcionários retiraram os usuários do vagão na estação Belém e a composição foi recolhida para limpeza quando chegou à estação final, Corinthians-Itaquera, finalizou o Metrô.

Deixe seu comentário

Só para assinantes