Conteúdo publicado há 19 dias

Assessora de Erika Hilton sofre ataque racista em SP: 'Não ficará barato'

Maria Izabel Panter, assessora da deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP), revelou, nesta sexta-feira (24), que foi vítima de um ataque racista quando voltava de uma padaria na Vila Medeiros, zona norte de São Paulo.

O que aconteceu

Em um vídeo nas redes sociais, Maria Izabel conta que um motorista ficou "encarando" a filha dela enquanto elas caminhavam na rua. "E aí ela só falou: 'Oxe, sai pra lá'".

O homem, então, deu ré no carro e rebateu a filha da psicóloga: "Você tá falando comigo?". A jovem teria dito que "ninguém está falando com você".

O ataque racista teria acontecido após a assessora da deputada interferir na discussão. "Foi quando esse racista gritou, da janela do carro, que eu era macaca. 'Cala a boca, sua macaca, eu estou trabalhando'". O momento da ofensa foi registrado por uma câmera de segurança e compartilhado nas redes sociais.

Maria Izabel afirma que o homem ainda desceu do carro para tentar agredir as duas, mas desistiu quando a assessora pediu para a filha gravar a situação. "Ele achou que, livremente, poderia chamar as pessoas de macaco por aí e não teria punição alguma. Não vai ficar barato. Não é só por mim, é por muitas e muitas outras pessoas que devem ter cruzado o caminho desse racista", disse a psicóloga.

A Secretaria de Segurança disse que o caso aconteceu no último dia 17 e foi registrado como preconceitos de raça ou de cor. A Polícia Civil tenta identificar o autor do ataque.

Deixe seu comentário

Só para assinantes