Conteúdo publicado há 1 mês

Polícia investiga suspeita de aplicar golpes em policiais no DF

Uma mulher suspeita de aplicar golpes é investigada no Distrito Federal. Prejuízo das vítimas chega a R$ 3 milhões, segundo a Polícia Civil do DF.

O que aconteceu

Entre as vítimas estão servidores públicos aposentados, incluindo policiais civis.

A investigada prometia atuar como intermediária para negociar dívidas bancárias e reduzir valores de empréstimos. Para isso, as vítimas deviam realizar pagamentos para ela ou para pessoas indicadas.

A suspeita afirmava que o dinheiro seria usado para quitar os empréstimos das vítimas, de acordo com a polícia. No entanto, os empréstimos não foram quitados e os valores não foram devolvidos, o que aumentou o endividamento das pessoas.

O prejuízo das vítimas chega a R$ 3 milhões. A polícia não especificou quantas pessoas lesadas pelo esquema foram identificadas, mas diz que são "diversas".

A suspeita alegava ter contatos com gerentes bancários e parceria com um escritório de advocacia.

Não houve prisões até o momento. O esquema é investigado pela Coordenação de Repressão aos Crimes Contra o Consumidor, à Propriedade Imaterial e Fraudes (CORF).

Deixe seu comentário

Só para assinantes