Primeiro avião da ONU com ajuda humanitária para refugiados chega à fronteira do Quirguistão

Do UOL Notícias*

Em São Paulo

Aterrissou hoje (16) no Uzbequistão o primeiro avião das Nações Unidas com ajuda humanitária para mais de 100 mil cidadãos quirguizes de etnia uzbeque se refugiaram naquele país. A fuga em massa é provocada pelos enfrentamentos étnicos no sul do Quirguistão (que faz fronteira com o Uzbequistão), que causaram a morte de pelo menos 187 pessoas, de acordo com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

O avião leva aos refugiados tendas de campanha, roupas, cobertores, remédios e utensílios de cozinha.

Pelo menos 187 pessoas morreram nos choques entre quirguizes e uzbeques iniciados no último dia 11 no sul do Quirguistão, segundo novo balanço divulgado nesta quarta-feira pelo Ministério da Saúde do país da Ásia Central.

De acordo com os últimos dados, um total de 1.918 pessoas solicitou assistência médica na região dos conflitos nos últimos dias, das quais 902 foram hospitalizadas, afirma o relatório de Saúde citado pela agência de notícias "AKIpress".

Segundo o Unicef, 90% dos refugiados são crianças, mulheres e idosos, segundo os dados, citados pela agência quirguiz "AKIpress". O comunicado acrescenta que a maioria das crianças foram vítimas de violência física e psicológica.

Grande parte dos refugiados foi hospedada em 75 acampamentos na região uzbeque de Andijan.

Ao todo devem ser enviados à região seis aviões de carga Il-76 com 40 toneladas de ajuda humanitária cada a partir de armazéns de emergências situados em Dubai. A chegada do primeiro destes aviões estava prevista para esta manhã.

Os choques entre quirguizes e uzbeques no sul do Quirguistão começaram em Osh, a segunda cidade do país, na madrugada da sexta-feira passada, e depois se estenderam à vizinha Jalal-Abad, apesar do estado de exceção decretado pelo governo provisório quirguiz.

* Com agências internacionais e CNN

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos