Mulher tem ataque de fúria após McDonald's se recusar a vender cheeseburger, nos EUA

Do UOL Notícias

Em São Paulo

  • Polícia de Janesville

    Shanaya Edgell estava voltando de uma festa e queria comer um cheeseburger

    Shanaya Edgell estava voltando de uma festa e queria comer um cheeseburger

Uma mulher foi presa após se descontrolar com a recusa de uma lanchonete do McDonald's em vender um sanduíche, em Wisconsin, EUA.

Shanaya Edgell, de 22 anos, e seu namorado Darrell Page, 44, foram ao drive-through do McDonald's por volta das três da manhã do último domingo (13) para comprar um lanche. No entanto, a lanchonete se recusou a vender hambúrgueres porque havia trocado o cardápio para passar a vender o menu do café da manhã. Edgell ficou descontrolada.

"Ela ficou muito irritada porque só queria um cheeseburger, e não um café da manhã", segundo o relatório da polícia.

O casal deixou o local, mas após algum tempo, Edgell aparentemente aceitou o fato de que não teria seu sanduíche e pediu para o namorado retornar ao McDonald's para tomar o café da manhã. O namorado se recusou a voltar e deixou Edgell ainda mais enfurecida.

Ela começou a bater no rosto de Page e a morder seu braço direito enquanto ele dirigia. Edgell disse à polícia que rasgou a camisa do namorado durante a discussão.

 Edgell foi indiciada por conduta desordeira e foi presa sob fiança de US$ 150. As informações são do "Huffington Post".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos