PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Republicano Rick Santorum desiste de disputar nomeação, mas promete continuar atuante

Do UOL, em São Paulo

10/04/2012 15h16Atualizada em 10/04/2012 17h14

O pré-candidato republicano às eleições presidenciais americanas de novembro Rick Santorum anunciou nesta terça-feira (9) sua desistência da disputa.  “Se esta corrida presidencial para mim está terminada, e efetivamente vamos suspender nossa campanha hoje, a luta não acabou para nós”, disse, em comunicado à imprensa, em seu Estado natal, a Pensilvânia.

A saída de Santorum deixa o caminho aberto para que o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney seja o indicado republicano para a disputa presidencial com o democrata Barack Obama em novembro. O ex-senador Santorum era o principal adversário de Romney que, apesar de ter seu caminho desobstruído agora, ainda precisa conquistar os 1140 delegados necessários para garantir a nomeação.

Segundo o jornal “The New York Times”, Santorum telefonou para Romney na manhã de hoje para falar sobre seus planos de encerrar sua campanha. Ele teria dito que está comprometido em derrotar Obama, mas que não endossaria a pré-campanha de Romney imediatamente.

Logo depois do anúncio, Romney divulgou comunicado parabenizando o adversário: “O senador Santorum é um competidor competente e honrado, e o parabenizo pela campanha que desenvolveu”, disse Romney. “Ele provou ser uma voz importante em nosso partido e para a nação. Nós dois reconhecemos que o mais importante é deixar para trás as falhas dos últimos três anos e colocar a América de volta no caminho da prosperidade”.

Santorum não mencionou o nome de Romney durante o anúncio. Nem o de nenhum dos outros dois pré-candidatos republicanos Newt Gingrich e Ron Paul.

Também não especificou o motivo de sua desistência. No entanto, o anúncio foi feito em seu Estado Natal, a Pensilvânia, depois de um fim de semana em que o agora ex pré-candidato teve de lidar com um problema de saúde de sua filha Bella, 3, que foi internada por conta de uma pneumonia. A menina nasceu com um problema genético que interfere no desenvolvimento.

Emocionado, o ex-senador lembrou das pessoas que encontrou durante meses de campanha e disse que os depoimentos de luta e fé que ouviu serviram como inspiração. Santorum disse que, durante sua campanha, tentou “devolver a esperança” ao país, recuperando os valores tradicionais da família, a fé e a liberdade individual. “Esta campanha presidencial terminou, mas seguiremos lutando por nossos princípios”.

A desistência havia sido confirmada momentos antes do anúncio oficial do pré-candidato por dois de seus conselheiros de Santorum, segundo os quais a decisão veio após a equipe do republicano reconhecer que Romney será o provável escolhido do partido para concorrer às presidenciais. Há uma expectativa de que Santorum possa assumir um papel na campanha de Romney.

(Com informações do jornal "The New York Times" e de agências internacionais)

Internacional