PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Dilma participa da 7ª Cúpula das Américas e de encontros bilaterais no Panamá

Luana Lourenço

Da Agência Brasil

10/04/2015 12h01

A presidenta Dilma Rousseff desembarcará na Cidade do Panamá no começo da tarde desta sexta-feira (10), onde participará da 7ª Cúpula das Américas. Dilma deixou a Base Aérea de Brasília às 6h40 e deve chegar à capital panamenha às 12h40 (10h40 no horário local), onde ficará até amanhã.

Além das atividades previstas durante o evento, a presidente terá uma série de encontros bilaterais, inclusive com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

Pela primeira vez com a participação dos 35 chefes de Estado e de Governo do Continente Americano, a 7ª Cúpula das Américas deve selar a reaproximação diplomática entre Estados Unidos e Cuba. Será a primeira vez em mais de 50 anos que líderes dos dois países estarão juntos em uma mesa de negociação.

O primeiro compromisso de Dilma será uma reunião com o presidente do México, Enrique Peña Nieto. Em seguida, ela participará do Painel do Foro Empresarial das Américas, que vai debater a integração produtiva para o desenvolvimento inclusivo no continente.

Às 16h, Dilma vai se encontrar com o presidente do Facebook, Mark Zuckerberg. Na última quarta-feira, o governo brasileiro lançou um pacto de combate à violação de direitos humanos na internet, com apoio do Facebook e outras empresas da rede. Em seguida, a presidente terá uma audiência com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e uma reunião como o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos.

À noite, Dilma participará da abertura oficial da 7ª Cúpula das Américas e do jantar para os chefes de Estado e de Governo, oferecido pelo presidente do Panamá, Juan Carlos Varela Rodrigues. Após o jantar, Dilma e a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, têm encontro marcado.

A reunião com Obama deve ser realizada no sábado. Dilma retornará ao Brasil logo após o encerramento da cúpula, previsto para as 17h15. No Brasil, Michel Temer, presidente da República em exercício, passará o dia em São Paulo, sem compromissos oficiais.

Internacional