PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Jornal australiano publica obituário anônimo de menino sírio afogado; leia

Reprodução/The Sydney Morning Herald
Imagem: Reprodução/The Sydney Morning Herald

Do UOL, em São Paulo

04/09/2015 10h15

A morte do menino Aylan Kurdi, 3, afogado em uma praia na Turquia durante uma tentativa de travessia para a Europa, provocou reações ao redor do mundo. Na Austrália, um leitor anônimo pagou a publicação de um pequeno obituário em homenagem à criança, no jornal "Sydney Herald Tribune".

A seguir, a íntegra do texto:

"Você não mereceu se afogar no frio da água e frieza da indiferença humana. 

Você não era um migrante. Você não era um refugiado. Você era um menininho de três anos de idade querendo brincar em segurança, longe das ameaças da violência e da guerra.

No Paraíso, você será acalentado por aqueles que te ampararam, por aqueles que te beijaram e por aqueles que arriscaram tudo na esperança de que você alcançasse a costa em segurança.

Descanse em paz, Aylan Kurdi. Que Deus nos perdoe por ter falhado com você."

Aylan foi enterrado nesta sexta-feira (4), em Kobani, na Síria, por seu pai, Abdullah, o único da família a sobreviver à travessia. O irmão e a mãe de Aylan também morreram. (Com agências internacionais)

Internacional