Justiça condena búlgaro a 3 anos de prisão por chute pelas costas no metrô de Berlim

Colaboração para o UOL

O búlgaro Svetoslav Stoykov foi condenado a 2 anos e 11 meses de prisão nesta quinta-feira (6) por chutar uma mulher pelas costas nas escadarias de uma estação de metrô de Berlim, na Alemanha. O vídeo de uma câmera de segurança que mostrou a agressão tornou-se viral em dezembro de 2016 e chocou os alemães.

Stoykov, 27, foi preso ainda em dezembro e passou a ser chamado pela imprensa alemã de "o chutador do trem". A agressão ocorreu em outubro, na estação Hermannstrasse do metrô, mas o caso só se tornou público quando o jornal "Bild" divulgou o vídeo.

Nas imagens, é possível ver o búlgaro com cerveja e cigarro na mão, acompanhado de três amigos, se afastar deles, descer alguns degraus da escada e chutar as costas de uma jovem que descia as escadas. Ele ainda se comunica com ela antes de seguir em outra direção. A agressão deixou a vítima com um braço quebrado.

A divulgação do vídeo, um dia antes de a polícia noticiar o caso, causou grande repercussão junto à opinião pública da Alemanha, com a realização de protestos cobrando punição ao agressor.

Dias depois, um grupo de jovens tentou matar um sem-teto em uma estação de metrô de Berlim, incendiando-o. Juntos, os dois casos fizeram as autoridades alemãs a aumentar o controle de segurança nas estações de metrô.

Perante o tribunal, Stoykov admitiu que cometeu a agressão, mas disse que não conseguia se lembrar do evento até ver o vídeo. O búlgaro, que tem longa ficha criminal em seu país, expressou remorso por suas ações e pediu desculpas à vítima.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos