Topo

Americano descobre que filha adotiva tem rim compatível para doação

Billy Houze, 64 anos, ao lado da filha adotiva DeLauren McKnight - Facebook
Billy Houze, 64 anos, ao lado da filha adotiva DeLauren McKnight Imagem: Facebook

Do UOL, em São Paulo

25/03/2019 14h39

O americano Billy Houze, 64, sofre de sérios problemas renais desde 2016, quando precisou passar por uma cirurgia de vesícula biliar. Desde então, entrou na fila para receber a doação de um rim, mas, segundo os médicos, teria de esperar entre sete e oito anos para fazer um transplante.

Mas Houze não precisou esperar tanto tempo. Ele recebeu um rim compatível de alguém inesperado. Sua filha adotiva, DeLauren McKnight, da Carolina do Norte, era surpreendentemente compatível para transplante e decidiu doar o órgão.

"Meu pai sempre deu tudo para mim", disse McKnight ao programa Inside Edition. "Não há nada que eu não faria para o meu pai para vê-lo viver a vida que ele está destinado. Isso não é nada para mim. Nunca pensei que seria compatível. Sou muito grata por poder salvar a vida dele".

Houze também tem filhos biológicos e todos eles fizeram testes para saber se poderiam doar, mas nenhum era compatível.

McKnight foi adotada em 1992 quando tinha apenas oito meses de idade.

"Meu pai me salvou há 27 anos quando eu tinha oito meses de idade. Ele salvou minha vida para depois eu salvar a dele", disse McKnight.

Houze precisa fazer hemodiálise três vezes por semana. Ele e McKnight ainda passarão por mais alguns exames antes da cirurgia que deve ser marcada nas próximas semanas.

Nasce primeiro bebê do mundo gerado em útero de doadora morta

redetv

Mais Notícias