Conteúdo publicado há 7 meses

Brasileiro de rave em Israel relata pânico: 'Atiraram bombas e granadas'

O brasileiro Rafael Zimerman, sobrevivente do ataque terrorista do Hamas em uma rave no sul de Israel no último sábado (7), disse à CNN Brasil que integrantes do grupo extremista lançaram bombas e granadas no bunker em que ele estava após sair da festa. Ele estava internado e recebeu alta ontem.

O que aconteceu

Rafael disse que, das cerca de 50 pessoas que estavam com ele no bunker, só seis conseguiram sair. "Um dos meus amigos não saiu de lá. Eu não sei onde ele está, se ele foi sequestrado. Esse foi um ataque contra seres humanos, pessoas que estavam se divertindo. Independente de nacionalidade, etnia, cor. Eles não perguntaram. Eles atiraram. Simplesmente isso", afirmou o sobrevivente.

O brasileiro que acompanhava Rafael e segue desaparecido é Ranani Glazer. A namorada de Ranani, que estava com a dupla, também saiu com vida do bunker.

Segundo último boletim divulgado pelo Itamaraty, três brasileiros estão desaparecidos após o ataque surpresa do Hamas e a contraofensiva de Israel.

Aviões da FAB vão resgatar brasileiros em Israel

A FAB anunciou a chegada da aeronave KC-30 em Roma. Na missão, coordenada pela FAB e pelos ministérios da Defesa e Relações Exteriores, estarão disponíveis mais seis aviões.

O primeiro voo com os brasileiros resgatados deve deixar Israel nesta terça-feira (10) à tarde, segundo a CNN. Além disso, a Globonews informou que a segunda aeronave já está a postos para buscar os brasileiros em Israel e deve decolar ainda hoje.

A Embaixada brasileira em Tel Aviv disse que cerca de mil brasileiros e seus parentes em Israel já pediram para voltar ao Brasil em voos da FAB.

O Itamaraty diz que a maioria são turistas que estão hospedados em Tel Aviv e Jerusalém. Os dados foram registrados por formulário online.

Deixe seu comentário

Só para assinantes