Conteúdo publicado há 28 dias

Argentina: Ministra da Segurança demite número 2 por suspeita de corrupção

A ministra da Segurança da Argentina, Patricia Bullrich, anunciou neste sábado (22) que demitiu o número dois da pasta, Vicente Ventura Barreiro, por suposta tentativa de interferência em licitação.

O que aconteceu

Bullrich denunciou o secretário de Segurança ao Gabinete Anticorrupção. Em publicação no X, a ministra afirma que Barreiro tentou interferir em uma licitação de serviços de alimentação do Serviço Penitenciário Federal.

A ministra afirmou que o processo de licitação é "inédito". "Rompe com um monopólio de muitos anos e permite a participação de mais de 300 empresas, quando historicamente participava um grupo de apenas 15". Na publicação, Bullrich disse ainda que o anúncio faz parte do "compromisso de transparência na gestão".

Vicente Ventura sugeriu uma mudança em um artigo do edital de licitação, segundo o jornal argentino Clarín. Ele, que é especializado em administração e segurança pública, teve um papel fundamental na gestão de Bullrich.

Mais demissões

A demissão por suposta corrupção acontece apó outro caso recente no Ministério do Capital Humano. De acordo com o Clarín, a ministra Sandra Pettovello demitiu Pablo De la Torre por alimentos que nunca foram distribuídos, comprados ainda no governo Alberto Fernández.

Na semana passada, o número 2 do Ministério da Economia, Joaquín Gottani, pediu demissão do cargo de secretário de Política Econômica. Ele teria deixado a função incomodado pelas críticas que o presidente Javier Milei fez a um amigo próximo.

Em maio, o chefe de gabinete Nicolás Posse renunciou. Segundo a agência de notícias Ansa, ele estava sofrendo pressão no cargo por uma rixa com o presidente argentino e com a irmã dele, a secretária-geral Karim Milei.

Deixe seu comentário

Só para assinantes