Exclusivo para assinantes UOL

Matt Ridley, o otimista racional, responde suas perguntas

Stephen J. Dubner e Steven D. Levitt

  • Getty Images

    Usando internet

    Usando internet

Recentemente nós solicitamos perguntas em Freakonomics.com para Matt Ridley, um ex-correspondente de ciência da revista inglesa “The Economist”. Seu novo livro, “The Rational Optimist: How Prosperity Evolves” (o otimista racional: como a prosperidade evolui), argumenta que a espécie humana conseguiu prosperar graças às simples troca de ideias e bens. “Por meio da troca, os seres humanos descobriram ‘a divisão de trabalho’, a especialização dos esforços e talentos para ganho mútuo”, escreve Ridley. Após a especialização veio a contínua inovação e a crescente prosperidade, que tornou a vida da pessoa comum muito melhor do que no passado. Diante das preocupações atuais com a economia global e a mudança climática, Ridley acredita que os seres humanos ainda assim prosseguirão neste caminho de aprimoramento. Muito obrigado a todos os envolvidos. As perguntas e respostas foram editadas e condensadas. P: Se a especialização, em vez da mudança genética, é responsável pelo sucesso humano, por que os Neandertais não assimilaram esse tipo de inovação cultural durante os milhares de anos em que viveram próximos dos humanos? Eles poderiam ao menos ter tido quase tanto sucesso quanto nós.

UOL Cursos Online

Todos os cursos