Exclusivo para assinantes UOL

O estudante que queria matar judeus

Luc Leroux

Em Marselha

  • Boris Horvat/AFP

    Soldado francês monta guarda diante da escola judaica La Source, em Marselha, no sul da França

    Soldado francês monta guarda diante da escola judaica La Source, em Marselha, no sul da França

No dia 11 de janeiro, ele tomou café da manhã com seu pai, que estava saindo cedo para o trabalho. Fiel a seu costume de contar piadas, o adolescente o fez rir. Ele acompanhou seu irmão mais novo à escola antes de ir para seu colégio. Naquele dia, seus pais se despediram de um rapaz comum, que devia comemorar seus 16 anos na próxima semana. Algumas horas mais tarde, policiais que apareceram para revistar sua casa o descreveram como um terrorista determinado a matar um professor judeu.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos