Exclusivo para assinantes UOL

Bomba suja do Estado Islâmico é hipótese aterrorizante, mas pouco provável

Nathalie Guibert

  • BBC

A propaganda realizada pelo Estado Islâmico tenta fazer com que as pessoas acreditem que os terroristas terão uma arma nuclear. Os Estados Unidos, que no início de abril concluíram um ciclo de quatro cúpulas sobre segurança nuclear, mostram-se preocupados com a Síria e o Iraque, ainda mais porque persiste a dúvida sobre a existência de um programa militar sírio. E as agências de inteligência ocidentais sabem que há jihadistas tentando se apoderar de materiais radioativos, que são menos nocivos que os componentes militares pois são pouco enriquecidos.

UOL Cursos Online

Todos os cursos