Exclusivo para assinantes UOL

No Estado de NY, refugiados ajudam a reerguer a economia de cidades abandonadas

Jesse McKinley

Em Buffalo, Nova York (EUA)

  • Nathaniel Brooks/The New York Times

    Meninos brincam de jogar bola em bairro em que mais de 500 casas são ocupadas por famílias de refugiados

    Meninos brincam de jogar bola em bairro em que mais de 500 casas são ocupadas por famílias de refugiados

Os recém-chegados ocuparam centenas de casas e apartamentos vazios, injetando dinheiro e energia em bairros destituídos. Velhas igrejas foram transformadas em mesquitas e centros de saúde para refugiados, ou encontraram novos fiéis para encher seus bancos e pratos de coleta. Estudantes voltaram a encher as salas de aula de escolas públicas, onde as matrículas vinham em queda há décadas. Placas de "Aluga-se" em imóveis comerciais deram lugar a placas de "Grande Inauguração".

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos