Exclusivo para assinantes UOL

Iranianos veem confirmação da influência estrangeira em protestos em seu próprio passado

Margaret Coker

Em Londres

  • Ebrahim Noroozi/AP

O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, acusou "inimigos" estrangeiros, sem citar nomes, pelos protestos contra o governo que varreram seu país na última semana, colocando os manifestantes sob o risco de ser acusados de espionagem ou traição.

UOL Cursos Online

Todos os cursos