Topo

Atacado pelo Estado Islâmico, clube de luta livre afegão volta a abrir as portas

Kiana Hayeri/The New York Times
Lutadores se aquecem no Clube de Luta Livre de Maiwand, que está se reconstruindo depois de um ataque terrorista que deixou dezenas de mortos há seis meses, em Cabul Imagem: Kiana Hayeri/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Fatima Faizi

Em Cabul (Afeganistão)

2019-03-25T00:01:00

25/03/2019 00h01

Os lutadores do Maiwand voltaram com tudo.

Em setembro passado, o grupo Estado Islâmico efetuou um ataque a bomba na academia onde eles treinavam, matando dezenas deles. Este ano ela foi reconstruída, ainda maior, melhor e mais ativa do que antes...