Topo

Como porta-voz de um grande banco americano se revelou transgênero no trabalho

Maeve DuVally, no centro, e seus colegas de trabalho participam da reunião matinal de comunicação e marketing na sede do Goldman Sachs, em Nova York - Gabriella Angotti-Jones/The New York Times
Maeve DuVally, no centro, e seus colegas de trabalho participam da reunião matinal de comunicação e marketing na sede do Goldman Sachs, em Nova York Imagem: Gabriella Angotti-Jones/The New York Times
Exclusivo para assinantes UOL

Emily Flitter

Em Nova York (EUA)

30/06/2019 00h01

Os pregões do Goldman Sachs são salas vastas lotadas de fileiras de estações de trabalho lotadas, com quatro monitores para cada trader. As torres de dois monitores encobrem seus usuários, de modo que a única forma de identificar alguém do outro lado d...

Notícias