Exclusivo para assinantes UOL

Mesmo depois do casamento gay, muitas famílias não conseguem licença-paternidade nos EUA

Sabia Prescott

  • Getty Images

Kristyn e sua parceira de muitos anos Whitney trabalham em vários restaurantes no centro de Detroit. O casal voltou à sua cidade natal em 2014, depois de finalmente decidir adotar uma criança, realizando um sonho de muitas décadas. Assim como para muitos novos pais, tudo mudou quando sua filha entrou em suas vidas. Mas, como diz Kristyn, "infelizmente, por causa de nossos empregos, nem sempre da maneira que esperávamos".

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos