Em esforço concentrado, senadores aprovam projetos em menos de três horas

Camila Campanerut
Do UOL Notícias

Em Brasília

Menos de três horas após a reunião de líderes para decidir a pauta de votações do plenário na tarde desta terça-feira (31), os senadores aprovaram todos os cerca de 40 projetos que foram acordados com consenso, segundo o líder do governo do Senado, Romero Jucá (PMDB-RR).

Senado derruba limite de endividamento para obras da Copa-2014 e Rio-2016

Este é o segundo e último esforço concentrado dos parlamentares, que agora devem voltar suas atenções para as eleições de outubro. Nesta quarta-feira, as atividades ficarão restritas às comissões da Casa.

“A ideia é nós termos condições de votar a pauta toda hoje, exatamente porque nós queremos liberar os senadores e senadoras para a campanha”, assumiu Jucá após a reunião dos líderes. O senador é um dos que concorre à reeleição em outubro.

Foram votados --e aprovados-- os 11 pedidos de operação de crédito externo que somam US$ 766 milhões em benefício de seis Estados (Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo); um empréstimo destinado ao Ministério da Saúde no valor de R$ 67milhões a programas de combate à Aids e outras doenças sexualmente transmissíveis; e a indicação de sete embaixadores, já aprovados pela Comissão de Relações Exteriores da Casa.

Outro destaque da pauta foi a aprovação do projeto que permite a autorização de empréstimos para financiar obras ligadas à realização da Copa do Mundo, de 2014, nos últimos quatro meses do governo.

“É uma flexibilização porque vai permitir nos quatro últimos meses do mandato o governante assinar o contrato, isso era proibido pela resolução 43 [de 2001, do Senado Federal]. Nós estamos flexibilizando exatamente para não comprometer o calendário da Copa do Mundo. Essa flexibilização precisará passar pelo Conselho Monetário Nacional, portanto não estamos abrindo indistintamente qualquer tipo de contratação de empréstimo”, justificou Jucá.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos