Conteúdo publicado há 20 dias

Sakamoto: Carne faz agronegócio ficar com Lula e contra Lira

A carne ficar de fora da cesta básica de alimentos com alíquota zero é uma das raras situações em que o presidente Lula (PT) e a bancada do agronegócio discordam juntos, disse o colunista Leonardo Sakamoto no UOL News da manhã desta quinta-feira (4).

O relatório preliminar do primeiro projeto de regulamentação da reforma tributária foi apresentado pelo grupo de trabalho formado por sete deputados.

Junto à equipe econômica, eles vão celebrar porque estão lutando para que o projeto da regulamentação da reforma tributária deixe de fora uma série de elementos que estão sendo pressionados para dentro via lobby. Tem desde lobby das empresas que possuem refrigerantes até o pessoal da agropecuária que está defendendo que a carne fique [dentro da cesta básica].

Lula defendeu, no anúncio do Plano Safra, que a carne fresca devesse ser isenta e entrar na cesta básica, em detrimento da carne processada, que atinge mais as mesas da classe média, média alta e para exportação. O presidente da Câmara, Arthur Lira, ficou contra e isso deixou setores do agronegócio insatisfeitos.

Ou seja, é uma das raras situações que a posição de Lula é defendida pelo agronegócio e a posição de Arthur Lira é criticada pelo agronegócio.

Insatisfação da bancada do agro

O presidente da FPA (Frente Parlamentar da Agropecuária), Pedro Lupion (PP-PR), reclamou da sinalização de Lira. O presidente da Câmara prefere não incluir as carnes na cesta básica, com alíquota zero, no projeto de regulamentação da reforma tributária.

A inclusão das proteínas na lista de alimentos é uma das demandas da bancada ruralista na Câmara. Lira indicou que os itens não entrariam na cesta básica porque "só a carne dá quase 0,57% de alíquota. Esse é um preço pesado para todos os brasileiros".

Não tem polêmica com relação à carne. Nunca houve proteína na cesta básica. Se couber, temos que ver quanto essa inclusão representa na alíquota que todo mundo vai pagar. Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara

Continua após a publicidade

A inclusão das carnes na cesta básica com tarifa zero poderia elevar a alíquota média do IVA de 26,5% para 27%, segundo os cálculos da Fazenda. Pelo texto enviado pela equipe econômica ao Congresso, as proteínas teriam desconto de 60% na alíquota padrão.

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Quando: De segunda a sexta, às 10h e 17h.

Onde assistir: Ao vivo na home UOL, UOL no YouTube e Facebook do UOL.

Veja a íntegra do programa:

Deixe seu comentário

Só para assinantes