Palácio da Alvorada é alvo de tentativa de invasão

Bernardo Barbosa, Daniela Garcia e Luciana Amaral

Do UOL, em São Paulo e Brasília

  • Renato Costa - 9.dez.2015/Folhapress

    Turistas visitam o Palácio da Alvorada em 2015

    Turistas visitam o Palácio da Alvorada em 2015

O Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, em Brasília, foi alvo de uma tentativa de invasão na noite desta quarta-feira (28). A assessoria de imprensa do GSI (Gabinete de Segurança Institucional), órgão responsável pela segurança da Presidência, confirmou a informação. De acordo com a agenda do presidente, ele estava no Palácio do Planalto no momento do incidente.

Segundo nota divulgada pelo GSI, a tentativa de invasão foi cometida por volta das 19h (horário de Brasília) por um rapaz de carro, "aparentemente menor de idade". De acordo com o órgão, ele "acelerou abruptamente e ultrapassou a grade que dá acesso" ao palácio após receber orientação para reduzir a velocidade e se identificar.

"Foram realizados disparos de arma de fogo de advertência e, em seguida, contra o veículo que parou na área interna do Palácio. O motorista, sem ferimentos e, aparentemente menor de idade, foi conduzido pela Polícia Federal, que realizará as investigações", diz o comunicado

Imagens exibidas pelo canal Globo News esta noite mostraram que um dos portões do palácio foi derrubado, além de cápsulas de balas no chão.

Reprodução/GloboNews
Portão do Palácio da Alvorada fica caído no chão após tentativa de invasão

O taxista Rodrigo Sampaio, que trabalha em um ponto de táxi a cerca de 200 metros do palácio, disse ao UOL ter ouvido o barulho de "cinco ou seis tiros" por volta das 19h.

"Não sei se era de metralhadora ou de fuzil", disse.

Segundo Sampaio, com os tiros, foi possível ver uma movimentação intensa de carros pretos e correria de militares em frente ao portão principal do palácio. Logo depois, a área já foi isolada pela segurança, contou o taxista.

O Palácio da Alvorada fica às margens do Lago Paranoá, em uma região de península, distante do resto da cidade. O palácio está a cerca de cinco quilômetros da Praça dos Três Poderes, onde ficam o Palácio do Planalto, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal.

O presidente Michel Temer (PMDB) não mora no palácio. Ele continua vivendo no Palácio do Jaburu, residência oficial da Vice-Presidência da República, com a mulher, Marcela, e o filho, Michel. 

No fim de fevereiro, Temer e a família chegaram a se mudar para o Alvorada, mas ficaram pouco mais de uma semana no palácio e decidiram voltar para o Jaburu. Na época, um assessor presidencial disse que Temer "não se adaptou ao local".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos