Topo

Moro nega concorrer contra Bolsonaro, mas não descarta futuro na política

Em entrevista, o ministro da Justiça, Sergio Moro, diz que "Jamais concorreria contra o presidente Bolsonaro" - Reprodução/SBT
Em entrevista, o ministro da Justiça, Sergio Moro, diz que "Jamais concorreria contra o presidente Bolsonaro" Imagem: Reprodução/SBT

Do UOL, em São Paulo

21/10/2019 02h00Atualizada em 21/10/2019 10h56

O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou que acha improvável concorrer a algum cargo público em futuras eleições, mas destacou que "jamais concorreria contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL)".

Em entrevista ao programa Poder em Foco, do SBT, exibido na madrugada de hoje, Moro foi questionado se teria pretensões eleitorais.

"Fui convidado a participar do governo Jair Bolsonaro, estou como ministro da Justiça, realizando esse trabalho no âmbito da política do governo. O presidente manifestou o desejo de buscar a reeleição, se isso acontecer mesmo, evidentemente, eu tenho um dever até de lealdade. Eu não tenho esse perfil político-partidário", disse Moro.

Perguntado se consegue se ver em algum cargo público em eleição, Moro disse que não vê a possibilidade no momento, mas não descarta para o futuro.

"Acho improvável. Agora, o futuro é distante. Agora, certamente, jamais concorreria contra o presidente Bolsonaro. Se ele for realmente candidato à reeleição, mas como se diz, não existe nenhum demérito na política, a política é uma das atividades mais nobres, tem que se ter um determinado perfil", afirmou.

Política