PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

Fux liga para governador do AM e se coloca à disposição no Judiciário

O presidente do STF, ministro Luiz Fux, se disse solidário ao governo amazonense pela crise em meio à pandemia de covid-19 - Fellipe Sampaio / STF
O presidente do STF, ministro Luiz Fux, se disse solidário ao governo amazonense pela crise em meio à pandemia de covid-19 Imagem: Fellipe Sampaio / STF

Kelli Kadanus

Colaboração para o UOL, em Brasília

15/01/2021 17h42

O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, telefonou hoje ao governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), "para prestar solidariedade em razão da situação dramática enfrentada no estado pela pandemia de covid-19". A informação foi repassada pela assessoria de imprensa do ministro.

O Amazonas enfrenta um colapso no sistema de saúde pela segunda vez, causado pelo grande número de internações provocadas pelo novo coronavírus. O estado enfrenta um desabastecimento de cilindros de oxigênio, necessários para pacientes entubados.

Fux informou ao governador que o STF está atento aos acontecimentos e se colocou à disposição para auxílio no âmbito das competências do Judiciário. Em nota, o presidente do Supremo disse que "o Brasil precisa ouvir o grito de socorro do Amazonas".

"Em nosso país nenhum compatriota pode morrer por falta de ar. O Amazonas pede socorro e o Brasil tem de ouvir esse grito. A sociedade civil e os poderes constituídos devem se unir para juntos enfrentarem essa emergência", afirmou o ministro.

Política