Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Villa: Bolsonaro em NY é uma vergonha e só faltou sentar na sarjeta

Colaboração para o UOL

20/09/2021 13h06

O historiador e colunista do UOL Marco Antonio Villa afirmou que a cena do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) comendo pizza na rua em Nova York, nos Estados Unidos, por não ter autorização para entrar no restaurante, já que ainda não foi vacinado contra o coronavírus, é mais uma "vergonha" para o Brasil. O chefe do Executivo Federal está em NY para participar da Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas).

Em entrevista ao UOL News, Villa apontou que para completar a cena "patética" protagonizada pelo presidente faltou apenas ele "sentar na sarjeta". Ainda, o colunista ressaltou que este "é o momento mais triste da história do Brasil republicano", inclusive "no campo das relações exteriores".

"Imagina qualquer chefe de Estado de outro país estrangeiro que foi à Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas), quem que agiu assim? Só um, o Bolsonaro. E ele é, infelizmente, a representação do Brasil. Então é mais uma vergonha para o Brasil. Não é a primeira vez e não será a última enquanto ele for presidente. É patético", declarou.

Na entrevista, Marco Antonio Villa destacou que ainda "mais grave" do que a cena de Jair Bolsonaro jantando na rua é o fato de ele não ter se vacinado contra a covid-19, "porque estimula outras pessoas aqui no Brasil a também não se vacinarem".

"Nós sabemos a importância do imunizante para enfrentar a covid", diz, salientando que a atitude do mandatário "é um sinal para o mundo de que o presidente brasileiro é um negacionista" que representa um "perigo para a saúde pública não apenas dos brasileiros, mas de todos os habitantes do planeta", completou.

Por que Bolsonaro teve que comer em pé na calçada?

Em agosto, Nova York deu início à medida batizada de "Key to NYC Pass" (Chave para o passe de Nova York, em tradução livre do inglês), na qual passou a ser exigida certificação de vacinação contra covid-19 para entrar em locais públicos fechados como restaurantes, museus e academias. Jair Bolsonaro, como é de conhecimento público, debocha da vacina contra o coronavírus e se recusa a tomar o imunizante.

Como não está vacinado, durante sua estadia em NY, Bolsonaro, se quiser fazer refeições em restaurantes da cidade, terá que buscar estabelecimentos com mesas na calçada ou em ambientes externos, uma vez que a restrição se aplica a espaços internos.

No jantar, Bolsonaro esteve acompanhado de parte da comitiva que o acompanha na viagem. Além do ministro do Turismo, Gilson Machado, que publicou a imagem nas redes sociais, também participaram do jantar o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o ministro da Justiça, Anderson Torres, o ministro do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, e chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Luiz Eduardo Ramos.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Villa: Bolsonaro em NY é uma vergonha e só faltou sentar na sarjeta - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Política