Conteúdo publicado há 3 meses

'É incogitável que se fale em anistia', diz Gilmar sobre tentativa de golpe

O ministro do STF Gilmar Mendes afirmou que é "incogitável" falar em anistia para os que "conceberam" a tentativa de golpe para manter Jair Bolsonaro no poder, após sua derrota para Lula nas eleições de 2022. Gilmar também falou que a intenção golpista do ex-presidente "parece inequívoca". As declarações foram dadas neste sábado (16) à TV 247.

O que aconteceu

Gilmar disse que não faz sentido falar em anistia. "Não faz sentido algum da perspectiva jurídica e da perspectiva política falar-se em anistia. Isso tem que ser claramente repudiado".

O ministro do STF afirmou também que a intenção golpista de Bolsonaro "parece inequívoca". "Temos, parece, de maneira inequívoca a confirmação de intentos golpistas por parte da própria Presidência da República".

Para Gilmar, políticos ligados a Bolsonaro tentaram manter a esperança de um golpe entre os apoiadores do então presidente. O ministro citou o general Braga Netto, que foi ministro da Defesa e candidato a vice na chapa de Bolsonaro pela reeleição. Ao ser abordado por manifestantes após a eleição de Lula, Braga Netto respondeu "tenham fé".

Gilmar elogiou a investigação da Polícia Federal sobre a tentativa de golpe. Para ele, a investigação é consistente.

Toda a sociedade brasileira que tem um sentimento de democracia espera pela responsabilização não só dos autores materiais, mas também daqueles que conceberam toda essa trama. Não faz sentido algum da perspectiva jurídica e da perspectiva política falar-se em anistia. Isso tem que ser claramente repudiado. [...] É incogitável que se fale em anistia para esses crimes.

É inequívoco que estamos diante de uma investigação consistente e que tira toda aquela ideia de que estamos a fazer dedução ou estamos a fazer apenas ilações sobre a responsabilidade por todos esses fatos lamentáveis. [...] A revelação daquela reunião ocorrida [entre Bolsonaro e seus ministros em julho de 2022], o conteúdo que havia no computador do Mauro Cid. Temos, parece, de maneira inequívoca a confirmação de intentos golpistas por parte da própria Presidência da República.
Gilmar Mendes, em entrevista à TV 247

Deixe seu comentário

Só para assinantes