Há sete casos de microcefalia na capital paulista, diz Padilha

Juliana Diógenes

Em São Paulo

O secretário municipal da Saúde Alexandre Padilha disse nesta sexta-feira (5) que a cidade de São Paulo tem sete casos confirmados de microcefalia. Há suspeita de relação direta com o zika vírus em cinco deles, que estão sendo investigados. Segundo Padilha, até agora a capital não registrou nenhum caso de zika.

"Cinco têm uma relação muito direta (com o zika) porque são mulheres que são do Nordeste e vieram para cá no final da gravidez", afirmou o secretário.

Um balanço epidemiológico com registros de zika, dengue e chikungunya em São Paulo será divulgado pela Prefeitura nesta sexta.

Nesta manhã, Padilha e o prefeito Fernando Haddad (PT) visitaram um terreno com criadouros do mosquito Aedes Aegypti, em Vila Esperança, na zona leste. De acordo com o prefeito, o local é usado pela Polícia Civil para abrigar veículos apreendidos. Procurada, a polícia ainda não se manifestou.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos