Teste de remédio deixa paciente com morte cerebral na França

Do UOL, em São Paulo

Um acidente ocorrido durante um teste terapêutico no oeste de França deixou um paciente em estado de morte cerebral e outras cinco pessoas hospitalizadas em estado grave, disse nesta sexta-feira (15) a ministra francesa da Saúde, Marisol Touraine.

O teste realizado em um centro de pesquisas perto de Rennes envolveria um produto analgésico à base de cannabis, segundo uma fonte com conhecimento da situação. O ministério da Saúde da França não confirmou qual substância foi utilizada. Após a ocorrência do acidente, o teste foi interrompido.

O ministério não detalhou qual seria a aplicação do medicamento, mas disse que os pacientes tinham boas condições de saúde até tomarem a medicação por via oral.

"O teste foi conduzido por um estabelecimento privado especializado em realizar experimentos clínicos", disse o ministério.

A Justiça abriu um inquérito sobre o caso. 

Teste com cannabis

O uso da cannabis em tratamentos não é uma novidade. Segundo informação do jornal Le Monde, no total estariam no ensaio oito pessoas. Seis delas teriam recebido o medicamento, e as outras duas, um placebo.

Testes médicos de uma nova droga normalmente possuem três fases. O teste realizado na França estava na primeira fase, feita com pequeno grupo de voluntários e centrando-se apenas na segurança da substância.

Diversas pessoas se voluntariam para testar remédios, principalmente estudantes em busca dinheiro extra. Em 2006, seis homens adoeceram em Londres depois de participarem de teste de remédio para combater doença autoimune e leucemia. (Com agências de notícias)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos