Temer manda FAB deixar avião sempre disponível para transportar órgãos

Do UOL, em São Paulo

O presidente interino, Michel Temer, anunciou nesta segunda-feira (6) uma medida que obriga a FAB (Força Aérea Brasileira) a ter um avião permanentemente disponível para transporte de órgãos, tecidos e partes do corpo humano para transplante.

"Para nossa tristeza cívica, verificamos notícia que registrava que não havia avião da FAB para transportar órgãos. Acabei de assinar decreto que será publicado amanhã (terça-feira, 7) onde se determina à Aeronáutica que se mantenha permanentemente um avião no solo à disposição para transporte desses órgãos", disse o presidente interino.

A determinação também é para transportar os pacientes para onde esteja o órgão, se for o caso. "Não haverá mais essa deficiência", afirmou. 

Reportagem publicada esta semana pelo jornal O Globo mostra que havia falta de aeronaves da FAB para o transporte de órgãos e tecidos para transplantes. De acordo com o jornal, entre 2013 e 2015, a Aeronáutica deixou de garantir o transporte de 153 órgãos. Nos mesmos dias, a Força Aérea teria atendido a 716 pedidos de voos para ministros e presidentes dos Três Poderes.

Convênio com empresas aéreas

Desde 2013, o Ministério da Saúde mantém convênio empresas de aéreas de parceria para transporte de órgãos para transplante. Os órgãos e as equipes são transportados gratuitamente pelas empresas.

Dados do Ministério da Saúde mostram que, em 2014, 5.061 voos transportaram órgãos e equipes de saúde e que, até outubro de 2015, foram usados 3.317. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos