Quem usa o carro para ir trabalhar pesa 4 quilos a mais que os ciclistas

Do UOL, em São Paulo

  • Getty Images/iStockphoto

Pessoas que usam o carro como seu principal meio de locomoção têm, em média, quatro quilos a mais que aquelas que usam a bicicleta no seu cotidiano. Esta é a descoberta de um estudo realizado na Europa com 11 mil voluntários.

A pesquisa "Atividade Física através do Transporte Sustentável" é feita em sete cidades europeias: Amberes, Barcelona, Londres, Örebro, Roma, Viena e Zurique. O estudo, financiado pela União Europeia, analisa dados de saúde e hábitos de locomoção.

Os pesquisadores, no entanto, dizem não ser possível ainda determinar a razão da diferença de peso entre motoristas e ciclistas e buscam mais informações e mais voluntários para chegar a conclusões.

Os riscos do sedentarismo

O sedentarismo aumenta as chances de morte prematura em 60%. "Quem é sedentário tem maior risco de desenvolver doenças crônicas, como câncer, ter um infarto ou AVC, assim como sobrepeso", afirmou Adrian Davis, médico e membro da pesquisa.

O trabalho pretende conscientizar a população e pressionar políticas públicas."É uma mensagem importante para os políticos e para os urbanistas que projetam as cidades", explicou David Rojas, do Instituto de Salud Global de Barcelona, ao jornal espanhol "El Pais".

"Uma das cidades analisadas, Örebro, na Suécia, tem muito mais infraestrutura para pedestres e bicicletas e é de longe a cidade com um dos níveis de atividade física mais alto", concluiu. 

Cidades europeias dão prioridade à bicicleta

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos