Minas Gerais entra em alerta com suspeita de 30 mortes por febre amarela

Do UOL, em São Paulo

Minas Gerais está em alerta para os casos de febre amarela notificados pelo Estado. O boletim divulgado nesta quinta-feira (12) aponta 30 mortes com suspeita de terem relação com a doença, sendo que dez são considerados prováveis. 

Também subiu para 110 o número de casos suspeitos de febre amarela. Além do aumento do número de casos, os focos de prováveis infecções aumentaram. A área atingida agora compreende 21 municípios.

Autoridades sanitárias organizam um esquema de vacinação de bloqueio que compreende, entre outras, as cidades de Setubinha, Caratinga, Entre Folhas, Imbé de Minas, Piedade de Caratinga, Ubaporanga, Inhapim, Ipanema, Frei Gaspar, Ladainha e Malacacheta. O Ministério da Saúde enviou 285 mil vacinas ao Estado.

De acordo com informações extraoficiais, pelo menos 16 pacientes já apresentaram resultados positivos para Febre Amarela, em um dos testes realizados. No entanto, para classificar o caso como confirmado, governo aguarda o laudo de um exame confirmatório.

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou em entrevista na manhã de quarta-feira, 11, que, apesar do aumento do número de casos, não está configurado em Minas um quadro de surto de Febre Amarela. De acordo com ele, a situação pode ser controlada com a vacinação da população suscetível à doença.

Embora haja relatos de pessoas na região sobre falta do imunizante, Barros afirmou haver vacina para toda população.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos