Álcool esquenta? Veja 9 curiosidades sobre a reação do corpo ao frio

Do UOL, em São Paulo

  • Ahmed Jadallah/Reuters

As temperaturas baixam e tudo vira culpa do inverno: a dor de cabeça, os espirros e até a vontade de ir ao banheiro. Mas será que o frio faz tudo isso mesmo?

Confira 9 curiosidades sobre a reação do nosso corpo ao frio. 

Bebidas alcoólicas esquentam?

Não completamente. Assim que bebemos algo alcoólico, o fluxo sanguíneo aumenta por conta da vasodilatação que o corpo sofre quando o álcool circula pelas veias. Mas a sensação passa depressa.

Frio dá dor de cabeça?

Sim, o frio estimula dois tipos de dor de cabeça. Em uma delas, o nervo trigêmeo, responsável pelas sensações de todo o rosto, garganta e pescoço, é estimulado pelo frio e causa uma dor aguda e breve na cabeça. Em outra, também por causa do frio, os vasos sanguíneos tendem a ser contrair, o que leva a redução do oxigênio na cabeça e a uma dor difusa, principalmente no fim do dia.

Ficamos mais tristes no inverno?

Sim e isto acontece, novamente, por conta do excesso de produção de melatonina. Estudos indicam que o hormônio está relacionado à depressão. Por conta dos dias mais curtos, também produzimos menos serotonina, um dos hormônios ligados à alegria e produzidos com a ajuda da luz do sol.

Pessoas mais gordinhas sentem menos frio que as magrinhas?

Sim. Isso acontece porque os gordinhos têm uma camada adiposa maior que as pessoas magras, o que ajuda a reter o calor do corpo.

Bebês e idosos sentem mais frio?

Sim. Bebês e idosos têm a pele mais fininha que jovens e adultos.

A pele fica mais ressecada?

Sim. As glândulas que produzem a oleosidade na pele (sebáceas) são atingidas durante o banho quente, que tira a camada de gordura protetora da pele. Isso facilita que a água evapore da epiderme.

Sentimos mais sono no inverno?

Sim. No inverno, a produção do hormônio melatonina, ligada ao sono e estimulada pela escuridão, aumenta por conta dos dias mais curtos. É excesso de melatonina que aumenta a vontade de comer.

Por que temos mais vontade de comer no inverno?

Nosso corpo precisa manter a temperatura constante. No inverno, perdemos calor para o ambiente externo. Por conta disso, o organismo precisa de mais calorias para manter-se aquecido, o que aumenta o apetite.

Fazemos mais xixi no inverno?

Sim. Como transpiramos menos no inverno, o rim e a bexiga precisam trabalhar mais para eliminar os líquidos do corpo. Logo, a urina aumenta.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos