Topo

Brasil passa 55 mil mortos por covid, diz consórcio; 1 em cada 4 foi em SP

Gabriela Sá Pessoa e Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

25/06/2020 19h19Atualizada em 26/06/2020 14h35

As secretarias estaduais de saúde somaram nas últimas 24 horas mais 1.180 novos registros de mortes por coronavírus, aponta o levantamento realizado pelo consórcio de veículos de imprensa do qual o UOL faz parte. Do total de 55.054 óbitos ocorridos no país desde o início da pandemia, cerca de 25% foram registrados no estado de São Paulo: 13.759.

Os dados dos governos estaduais mostram ainda que foram confirmados entre ontem e hoje mais 40.673 infectados pela covid-19. Agora, o total de diagnósticos da doença chega a 1.233.147.

São Paulo registrou hoje o segundo seu maior número de mortes confirmadas em 24 horas: 407. Isso dois dias depois do recorde de 434 novos óbitos, notificados na terça-feira (23). De ontem para hoje, a cada 10 vítimas da covid-19 no Brasil, 3,4 viviam no estado.

Rio de Janeiro, segundo estado com mais vítimas, teve 9% mais mortes de ontem para hoje. No Ceará, terceiro estado com mais óbitos no país, os novos óbitos diminuíram 8%.

Os dois recordes quase consecutivos de novas mortes em São Paulo fizeram com que a média diária de novas mortes aumentasse 12% na comparação com os sete dias anteriores, enquanto o governo paulista continua o processo de reabertura da economia e anuncia prazos para a volta às aulas.

No Rio de Janeiro e no Ceará esses índices diminuíram 1% e 27%, respectivamente.

2ª onda em São Paulo

O coordenador executivo do Centro de Contingência da Covid-19 de São Paulo, João Gabbardo, afirmou em entrevista coletiva hoje que o estado se preocupa com uma nova onda de infecções por coronavírus.

A segunda onda sempre é uma preocupação. É assim em todos os países onde a curva começou a decrescer
João Gabbardo, coordenador executivo do Centro de Contingência da Covid-19 de SP

O principal motivo da preocupação é o aumento de casos no interior do estado — o número de mortes já supera o registrado da região metropolitana. No total, segundo a secretaria estadual da Saúde, 13.759 pessoas morreram em razão da doença em São Paulo.

Dados do governo

Mais cedo, o Ministério da Saúde informou ter registrado mais 1.141 mortes em razão do novo coronavírus nas últimas 24 horas, elevando para 54.971 o total no Brasil — 83 a menos que o apontado pelo levantamento do consórcio de imprensa. Trata-se do terceiro dia consecutivo que o país tem acréscimo superior a 1.100 mortes — foram 1.374 na terça-feira (23) e 1.185 ontem (24), de acordo com a pasta. A taxa de letalidade é de 4,5%

Segundo levantamento do governo federal, há ainda 39.483 novos registros de pessoas diagnosticadas com covid-19 entre ontem e hoje. No total, o país soma ao menos 1.228.114 infectados com a doença. Nos últimos três dias, o Brasil teve, pelos dados oficiais do governo, uma alta de 121.644 casos — levando em consideração 39.436 novos diagnósticos na terça e os 42.725 de ontem. O recorde diário segue ainda do dia 19 de junho, quando registrou 54.771 infecções.

Ao menos 673 mil pessoas são consideradas recuperadas pelo Ministério da Saúde, enquanto 499 mil estão sob acompanhamento.

Veículos se unem em prol da informação

Em resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro (sem partido) de restringir o acesso a dados sobre a pandemia de covid-19, os veículos de comunicação UOL, O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo, O Globo, G1 e Extra formaram um consórcio para trabalhar de forma colaborativa desde a semana passada e assim buscar as informações necessárias diretamente nas secretarias estaduais de Saúde das 27 unidades da Federação.

O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, deveria ser a fonte natural desses números, mas atitudes recentes de autoridades e do próprio presidente colocam em dúvida a disponibilidade dos dados e sua precisão.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Brasil passa 55 mil mortos por covid, diz consórcio; 1 em cada 4 foi em SP - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Newsletters Resumo do Dia

Para começar e terminar o dia bem informado.

Coronavírus