PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Conteúdo publicado há
4 meses

Governador do Pará anuncia aquisição de 3 milhões de doses da Sputnik V

Davi Medeiros

Colaboração para o UOL

19/03/2021 18h40

O governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), anunciou que o estado vai adquirir três milhões de doses da vacina Sputnik V, contra a covid-19. A aquisição ocorre um dia após uma conferência virtual com integrantes do Fundo Soberano Russo e do Consórcio dos Governadores da Amazônia, do qual Barbalho faz parte, para tratar sobre a compra do imunizante.

A vacina russa ainda não possui liberação da Anvisa para ser distribuída no Brasil. Na quinta-feira (18), o dono do laboratório União Química, Fernando Marques, acusou a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) de barrar o produto devido a interesses políticos. O laboratório tem os direitos de produção do imunizante no país.

Segundo Marques, a agência estaria favorecendo o Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo, que produz a CoronaVac, e a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), fabricante da vacina AstraZeneca/Oxford.

A Anvisa, por sua vez, divulgou nesta sexta um comunicado em que cobra do laboratório a entrega de dados sobre o imunizante. No texto, a agência diz aguardar documentação complementar sobre o produto.

Além do Pará, os governadores dos Estados do Nordeste assinaram contratos individuais com o Fundo Soberano Russo para a aquisição de 37 milhões de doses da Sputnik V. A previsão de chegada do produto ao Brasil é entre abril e julho.

Saúde