Topo

Esse conteúdo é antigo

Covid: 1ª e 2ª doses da vacina devem ser da mesma empresa, diz Anvisa

Primeira e segunda dose devem ser do mesmo fabricante Imagem: Matthew Horwood Colaborador Getty Images

Júlia Schiffarino

Colaboração, UOL Brasília

25/03/2021 18h32

As duas doses da vacina contra a Covid-19 precisam ser do mesmo fabricante sob risco de não terem efeito. O alerta foi dado pela Anvisa que pede aos profissionais da saúde e à população para ficarem atentos no momento da dosagem.

"Não existe, até o momento, informação sobre intercambialidade* entre as vacinas utilizadas no Brasil, ou seja, não há dados que sustentem que a troca de fabricantes de vacinas entre a primeira e a segunda dose produza resposta imune ao Sars-CoV-2", afirmou a agência.

O nome do fabricante está especificado no comprovante de vacinação, assim que é preciso ficar atento e em caso de divergência denunciar às autoridades locais de saúde.

Por enquanto os brasileiros têm acesso apenas às vacinas da CoronaVac e a da AstraZeneca/Oxford. Entretanto, outras outras farmacêuticas têm negociado com o país - Pfizer/BioNTech, a Moderna, a Sputnik V/Instituto Gamaleya e a Janssen.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Covid: 1ª e 2ª doses da vacina devem ser da mesma empresa, diz Anvisa - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Saúde