PUBLICIDADE
Topo

Saúde

Esse conteúdo é antigo

Covid-19: Brasil tem mais mortes em uma semana que quatro países somados

Número de mortes em uma semana no Brasil é maior que a soma dos Estados Unidos, México, Itália e Rússia   - Bruno Kelly/Reuters
Número de mortes em uma semana no Brasil é maior que a soma dos Estados Unidos, México, Itália e Rússia Imagem: Bruno Kelly/Reuters

Colaboração para o UOL, em Praia Grande (SP)

29/03/2021 11h38

Com 18.164 mortes por covid-19 na última semana, o Brasil ultrapassou a soma dos óbitos registrados nos Estados Unidos, Itália, México e Rússia, segundo dados de hoje do site Our World in Data.

Juntos, os outros quatro países tiveram 16.031 mortes pela doença nos últimos sete dias. Foram 6.787 nos Estados Unidos, 3.587 no México, 2.991 na Itália e 2.666 na Rússia.

A população do Brasil, por outro lado, corresponde a cerca de 32% da soma de habitantes dos outros quatro países, sendo quase três vezes inferior — 209 milhões ante mais de 650 milhões. Esses dados reforçam o estado brasileiro de aceleração no número de casos e mortes por covid-19.

Atualmente, a proporção de óbitos diários pela doença no Brasil é de 12,21 por milhão de habitantes, ainda segundo o Our World in Data. Em termos de comparação, o número nos Estados Unidos é de 2,93 por milhão, e na Rússia, 2,61 por milhão.

Maior média móvel da pandemia

Com 1.605 novas mortes, o Brasil registrou ontem a maior média móvel de mortes em toda a pandemia: 2.598 nos últimos sete dias, de acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa, do qual o UOL faz parte.

Cinco regiões do país apresentam números em aceleração: Sudeste (64%), Centro-Oeste (43%), Nordeste (30%) e Sul (28%). Apenas o Norte (2%) está estável. No geral, o Brasil apresenta aumento de 40% nos dados de média móvel nas mortes comparado com os dados de 14 dias atrás.

Ao todo, 312.299 pessoas morreram vítimas do novo coronavírus no país, e o número de infectados atingiu a marca de 12.532.634 casos.

Saúde