Polícia da Indonésia encontra 657 pangolins congelados

Jacarta, 27 Ago 2016 (AFP) - As autoridades indonésias confiscaram 657 pangolins congelados escondidos em congeladores e prenderam um homem suspeito de comercializar ilegalmente esta espécie em perigo de extinção, indicou a Polícia nesta sexta-feira.

A polícia encontrou os animais quando fazia buscas em uma residência no distrito de Jombang, na ilha de Java, depois que as forças de segurança foram alertadas pelos habitantes, preocupados com o número de congeladores que havia na casa.

As centenas de pangolins, o único mamífero do mundo coberto de escamas, estavam embrulhados em plástico e conservados em cinco grandes congeladores, disse à AFP um porta-voz da polícia de Java Oriental, Prabowo Argo Yuwono.

O proprietário da casa, um homem de 55 anos cuja identidade não foi revelada, foi detido. Se for considerado culpado, pode ser condenado a cinco anos de prisão e ao pagamento de uma multa de 100 milhões de rupias (6.700 euros).

O comércio do pangolim asiático é proibido desde o ano 2000 pelo direito internacional, mas a demanda deste animal continua sendo grande no continente, principalmente na China, pela sua carne, que é considerada uma iguaria, e pelas supostas propriedades medicinais das suas escamas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos