Papa quer visitar povoados afetados por terremoto na Itália

Cidade do Vaticano, 28 Ago 2016 (AFP) - O Papa Francisco anunciou, neste domingo, que deseja ir "o mais rapidamente possível" às zonas afetadas pelo terremoto que deixou ao menos 291 mortos no centro da Itália, para consolar os sobreviventes.

"Desejo renovar minha proximidade espiritual com os habitantes de Lácio, Marcas e Úmbria, duramente afetados pelo terremoto nestes últimos dias", declarou o pontífice argentino durante a oração do Angelus, diante de milhares de fiéis reunidos na praça de São Pedro.

"O mais rapidamente possível, eu também espero ir para vê-los e dar pessoalmente o consolo da fé, a ternura de um pai e de um irmão e o apoio da esperança cristã", acrescentou o Papa.

"Quero dizer uma vez mais a estes povos queridos que a Igreja compartilha de seu sofrimento e de suas preocupações. A consideração que demonstram as autoridades, as forças de ordem, a Defesa Civil e os voluntários mostra o quão importante é a solidariedade para superar provas tão dolorosas", concluiu.

A Itália decretou neste sábado um dia de luto nacional em homenagem às 291 pessoas mortas no terremoto, que devastou vários povoados do centro da península.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos