Paris abre primeira sala de consumo de drogas na França

Em Paris

Um hospital de Paris vai abrir a primeira sala de consumo de drogas na França, onde os usuários poderão injetar suas drogas em condições sanitárias corretas, uma proposta defendida pelas associações, mas criticada pelos moradores locais.

A ministra da Saúde, Marisol Touraine, e a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, visitaram nesta terça-feira (11) esta "sala de consumo de drogas com risco mínimo" (SCMR), situada no hospital Lariboisière, perto da estação de trens Gare du Nord, o bairro parisiense mais afetado pelo consumo de drogas.

Com esta instalação, que na sexta-feira acolherá os primeiros consumidores, a França se une à lista de países que já contam com centros deste tipo, como Alemanha, Austrália, Canadá, Espanha, Dinamarca, Luxemburgo, Noruega, Holanda e Suíça, onde a experiência destes últimos anos foi positiva.

Patrick Kovarik/ AFP
Sala com material para injeção no SCMR de Paris

A sala de consumo supervisionado, que conta com uma superfície de 450 m2 distribuída em uma entrada, uma sala de espera e uma sala de consumo, está situada no mesmo hospital, mas possui um acesso separado. Estará aberta todos os dias das 13h30 às 20h30.

Poderá receber diariamente cerca de cem pessoas, que precisarão ser obrigatoriamente maiores de idade. Um total de 20 médicos, enfermeiros, educadores, assistentes sociais e agentes de segurança trabalharão no local.

Patrick Kovarik/ AFP
Material para injeção em uma das mesas da SCMR de Paris

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos