Noite de tremores secundários na Itália

Ussita, Italie, 27 Out 2016 (AFP) - A madrugada de quinta-feira foi marcada por uma série de tremores secundários após os terremotos de 5,5 e 6,1 graus registrados na quarta-feira no centro da Itália, mas os serviços de emergência relataram apenas pessoas com ferimentos leves e danos materiais.

Na quarta-feira à noite, um homem de 70 anos faleceu na cidade de Tolentino, ao que parece vítima de uma crise cardíaca.

Sob chuva, os serviços de proteção civil ajudavam centenas de pessoas que fugiram de suas casas após os tremores, enquanto outras preferiram permanecer em seus veículos, assustadas com os tremores secundários que chegaram a 4,6 graus.

De acordo com o Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia, quase 60 fenômenos foram registrados após o primeiro terremoto, que aconteceu pouco depois das 17H00 GMT (15H00 de Brasília).

"Os danos são importantes, mas até o momento não aconteceram desabamentos que exigiriam a presença dos serviços de busca e resgate", afirma um comunicado da Proteção Civil.

As equipes de emergência aguardavam o amanhecer para avaliar o estado das residências e dos edifícios históricos nas áreas afetadas, em muitos casos turísticas.

Como medida de precaução, as escolas da região devem permanecer fechadas na quinta-feira.

O centro histórico de Visso, perto do epicentro, estava inacessível com as barreiras instaladas. A polícia aconselhou a imprensa a não se aproximar dos edifícios.

De acordo com o Centro Geológico dos Estados Unidos, o primeiro terremoto, de 5,5 graus, foi registrado na região de Castel Sant'Angelo sul Nera. O segundo, de 6,1, aconteceu uma dezena de quilômetros mais ao norte, duas horas depois.

Os terremotos foram sentidos em grande parte da Itália e provocaram pânico até em Roma, onde muitas pessoas correram para as ruas.

O primeiro tremor certamente ajudou a salvar vidas por ter estimulado as pessoas a saírem de suas casas antes do segundo terremoto, mais potente.

fio-fcc/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos