EUA: Texas anuncia primeiro caso de transmissão local do zika

Miami, 28 Nov 2016 (AFP) - O Texas anunciou seu primeiro caso de zika autóctone, tornando-se o segundo estado dos Estados Unidos - depois da Flórida - a afirmar que provavelmente tem mosquitos vetores desse vírus, que pode causar más-formações em fetos de mulheres infectadas, como a microcefalia.

A paciente é uma mulher que não está grávida e que não viajou recentemente para nenhuma região onde o vírus está difundido, de acordo com um comunicado do Departamento de Serviços de Saúde do estado do Texas.

O caso é considerado "provavelmente" resultado de transmissão local, até que as autoridades encontrem evidências de mosquitos portadores do vírus.

A mulher recebeu "a confirmação na semana passada, por teste de laboratório, de ter sido infectada", disse o comunicado.

Autoridades de Saúde do Texas disseram que não há outros casos de suspeita de transmissão local neste momento, mas se comprometeram a continuar a vigilância.

A Flórida foi o primeiro estado americano a reportar a propagação local do zika, cujo surto no ano passado afetou principalmente a América Latina e o Caribe. O estado registrou 238 casos até a semana passada.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos