PUBLICIDADE
Topo

Pescador filipino é resgatado após 56 dias à deriva

25/03/2017 00h20

Sydney, 25 Mar 2017 (AFP) - Um pescador filipino foi resgatado em Papua Nova Guiné após permanecerem à deriva por 56 dias, informou nesta sábado a imprensa local, acrescentando que o tio do homem morreu no mar.

Os dois homens haviam partido do porto de General Santos, no sul das Filipinas, em janeiro, e foram arrastados para alto mar por uma tempestade. O barco foi finalmente avistado por um pesqueiro no dia 9 de março, revelou o jornal Post Courier.

O pescador, Roland Omongos, 21 anos, e seu tio tinham alimentos no barco.

O tio morreu após algum tempo e Roland teve que atirá-lo ao mar quando o corpo entrou em decomposição.

O jovem, que sobreviveu graças a dois galões de cinco litros de água, foi resgatado pelo "Bermadethe Marie", que navegava de Wewak a Rabaul.

Omongos foi examinado por médicos e permanecerá a bordo do pesqueiro em Rabaul enquanto se organiza seu retorno às Filipinas, precisou o jornal.