Possível descoberta de corpo de vítima da balsa que naufragou em 2014 na Coreia do Sul

Seul, 28 Mar 2017 (AFP) - As equipes de resgate que trabalham para recuperar a balsa sul-coreana "Sewol", cujo naufrágio em 2014 provocou 304 mortes, encontraram o que poderia ser o corpo de uma vítima, anunciou o ministério de Assuntos Marítimos.

O ministério anunciou uma entrevista coletiva sobre "a descoberta de um cadáver que poderia ser o de uma das vítimas desaparecidas".

Na quinta-feira passada, os destroços do "Sewol" começaram a emergir três anos depois do dramático naufrágio que provocou a morte de 304 pessoas, em sua grande maioria estudantes.

A balsa será transportada para um porto após uma complexa operação para resgatar a embarcação.

O "Sewol" naufragou em 16 de abril de 2014 na costa da ilha de Jindo (sudoeste da Coreia do Sul), uma das maiores catástrofes marítimas da história da Coreia do Sul.

A balsa, que transportava 476 pessoas, estava a 44 metros de profundidade.

O resgate do ferry era uma das demandas das famílias das vítimas, já que os corpos de nove delas nunca foram encontrados e os parentes acreditam que os cadáveres estão nos destroços do navio.

De acordo com a agência oficial Yonhap, médicos legistas foram enviados ao local para identificar o corpo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos