Israelense americano acusado por fazer 2.000 falsos alertas de bomba

Jerusalém, 24 Abr 2017 (AFP) - A justiça israelense acusou nesta segunda-feira um israelense americano por ser o autor de 2.000 alertas de bomba falsos em todo o mundo, especialmente nos Estados Unidos, segundo o ministério da Justiça.

É a segunda vez que Michael Ron David Kadar, 18 anos, foi indiciado. Ele foi preso em 23 de março em Ashkelon (sul de Israel) e alimentou com suas ações o temor de uma onda de antissemitismo nos Estados Unidos.

As autoridades israelenses se abstiveram de divulgar o nome antes, já que Kadar era menor na ocasião dos fatos.

Ele fez inúmeras ligações entre 4 de janeiro e 7 de março para alertar centros judeus da Flórida sobre a iminência de atentados com explosivos ou ataques com armas de fogo, todos alertas falsos.

Nenhum artefato explosivo foi encontrado, mas as ameaças levaram à evacuação ou fechamento dos centros afetados pelos falsos alarmes e à mobilização das forças de segurança e do pessoal de emergência, destacou o departamento de Justiça americana.

Indagado pela AFP sobre uma possível extradição para os Estados Unidos, um porta-voz do ministério israelense respondeu: "Será julgado em Israel, já que atuou não apenas nos Estados Unidos como também em vários outros países, que colaboraram ativamente com a investigação".

Ao ser acusado nesta segunda, o ministério israelense da Justiça atribuiu a ele 2.000 falsos alertas não apenas contra instituições judias como também contra aeroportos, companhias aéreas e escolas em vários países.

Para isso, ele usou artifícios eletrônicos, modificando sua voz e o endereço IP de seu computador, entre outras coisas.

Os pais do rapaz e sua advogada alegam que seu comportamento se deve ao fato de sofrer de autismo e de um tumor no cérebro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos