LinkedIn alcança 500 milhões de usuários

Washington, 24 Abr 2017 (AFP) - O LinkedIn anunciou nesta segunda-feira ter alcançado os 500 milhões de usuários, uma cifra que aumentou de maneira constante desde que site de contatos profissionais foi comprado pela Microsoft no ano passado.

"Recentemente superamos uma importante e emocionante marca", disse o vice-presidente desta rede social, Aatif Awan.

"Agora temos 500 milhões de membros de 200 países, conectados e interagindo entre eles em diálogos profissionais, e que encontram oportunidades por meio destas conexões no LinkedIn", assegurou.

A compra do LinkedIn pela Microsoft por 26 bilhões de dólares, finalizada em dezembro, foi a maior transação de uma rede social. Quando foi anunciada, em junho, o LinkedIn tinha 433 milhões de usuários registrados.

A aquisição buscava situar o antigo líder tecnológico como uma entidade direcionada ao negócio, no estilo do Facebook, oferecendo uma gama de serviços em torno da nuvem.

Segundo Awan, o LinkedIn tem 10 milhões de listas ativas de emprego, acesso a nove milhões de empresas e a cada semana são publicados mais de 100.000 artigos.

"Até agora nunca havia existido uma comunidade profissional deste calibre", escreveu.

rl/jm/sgf/cd/cb/mvv

LINKEDIN CORPORATION

MICROSOFT

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos